Campanhas de parceiros do Somos Todos Amazonas ajudam em momento crítico

Fundação Amazônia Sustentável (FAS) e Polo Digital de Manaus doaram insumos hospitalares e cestas básicas

Diante do colapso na saúde no Amazonas, muitas campanhas solidárias foram criadas para prestar assistência neste momento crítico. A grave escassez de oxigênio ganhou as manchetes e mobilizou o país, mas itens básicos de proteção contra a Covid-19 também são insuficientes. Duas entidades parceiras do Somos Todos Amazonas, a Associação do Polo Digital de Manaus (APDM) e a Fundação Amazônia Sustentável (FAS), estão com campanhas para arrecadar recursos e conseguir os insumos. Veja aqui como ajudar.

A FAS entregou, em regiões remotas, produtos básicos para enfrentamento da pandemia, como máscaras, álcool e oxímetros. Nesta quinta-feira (21), houve entrega de insumos para o Parque das Tribos e Aldeias Inhãa-be, Rouxinol e Branquinhas. O trabalho começou no ano passado quando a Fundação se juntou a outras 112 instituições, empresas e prefeituras para formar a Aliança Covid Amazonas, que beneficiou mais de 350 mil pessoas de comunidades ribeirinhas, indígenas e bairros periféricos de Manaus. 

O Polo Digital de Manaus está com a campanha #UNIDOSPORMANAUS para conseguir insumos emergenciais para hospitais e serviços de pronto atendimento. Mais de 7 mil itens foram doados, de acordo com o balanço divulgado na terça-feira (19). 

Além destes projetos, a iniciativa SOS AM tem conseguido cada vez mais adesão e já arrecadou mais de 340 cilindros de oxigênio. Na quarta-feira (20), anunciaram que, a partir das doações feitas, conseguiram viabilizar a compra de duas mini usinas para produção de oxigênio que segue em escassez nos hospitais de Manaus e outros municípios do interior. 

Governadores se unem para ceder ao Amazonas cota extra de vacinas

A solidariedade para o Amazonas tem mobilizado entidades, personalidades, pessoas comuns e outros estados. Em reunião realizada na noite desta quinta-feira (21), 22 governadores acordaram o repasse para o Amazonas de uma cota extra das vacinas que devem receber nos próximos dias. Ficou acertada a liberação de 5% das primeiras doses da CoronaVac e da primeira leva da AstraZeneca para o Amazonas.

Desta forma, o estado deve receber 300 mil doses das 6 milhões previstas para os próximos dias. É a soma das primeiras doses da AstraZeneca (2 milhões), a caminho do país, com as já prontas da CoronaVac (4,8 milhões), que foram liberadas nesta sexta-feira (22) pela Anvisa. Em um momento com doses limitadas, o acordo representa um pequeno alívio diante da crise de saúde.

FOTO: Divulgação/SES-AM

Leia mais:

Óbitos por Covid-19 no Amazonas crescem 166% entre dezembro e janeiro

Enfermeira indígena é a primeira vacinada no Amazonas contra a Covid-19

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *